NOTÍCIAS

Postado em 15 de Fevereiro de 2018 às 09h45

Vendas de carne suína chegaram a US$ 110,19 milhões

De acordo com os números divulgados pelo Ministério da Agricultura, Comércio e Pecuária
(Mapa), as exportações do agronegócio atingiram US$ 6,16 bilhões em janeiro, em alta de 4,9% sobre os US$ 5,87 bilhões do mesmo mês no ano passado. As importações tiveram redução de 2,7%, passando de US$ 1,27 bilhão para US$ 1,24 bilhão. Como resultado, o saldo comercial no primeiro mês do ano foi de US$ 4,92 bilhões ante os US$ 4,60 bilhões de janeiro de 2017.
O agronegócio contribuiu com 36,3% do total das exportações brasileiras no mês. Nas
vendas de carne suína, que passaram de US$ 137,91 milhões para US$ 110,19 milhões (-20,1%).
A quantidade exportada recuou 15,8% enquanto o preço médio diminuiu 5,1%. As exportações de carne de frango somaram US$ 512,72 milhões (-13,4%), com queda no quantum exportado (-8,9%) e no preço médio (-5%). 
Os cinco principais setores exportadores do agronegócio foram: carnes (19,3% de
participação); produtos florestais (18,7% de participação); complexo soja (16,8% de participação); complexo sucroalcooleiro (10,3% de participação); e cereais, farinhas e preparações (8,9% de participação).
As vendas externas de carnes somaram US$ 1,19 bilhão. Houve queda do volume exportado em 5,9%, amenizada pela expansão de 3,8% no preço. A carne bovina se destacou com incremento de 24,2%. Houve expansão tanto da quantidade exportada (+15,7%) quanto do preço médio de exportação (+7,3%).

Fonte: Suinocultura Industrial

Veja também

Exportadores tentam reverter embargo chinês10/07/18 A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) tenta reverter o embargo adotado pela China sobre a importação de carne de frango produzida no Brasil. Para o governo de Pequim os produtos chineses sofrem de uma concorrência desleal e deve anunciar uma medida final sobre o assunto em agosto. A ABPA emitiu uma nota de protesto assim que soube da decisão do......
Santa Catarina tem preocupação com o bem-estar animal08/12/17 A preocupação com o bem-estar animal está na pauta dos produtores rurais e das indústrias catarinenses de processamento de carne. Esta é uma questão absolutamente atual. As agroindústrias barrigas-verdes......

Voltar para Notícias (pt)