NOTÍCIAS

Postado em 17 de Maio de 2016 às 09h56

RGO Máquinas apresentará lançamento na Mercoagro 2016

Localizada em Guaporé (RS), a RGO Máquinas Industriais está há 15 anos no mercado, oferecendo soluções tecnológicas para a indústria do alimento, com constante investimento em inovação e corpo técnico experiente e especializado.

Fornecendo projetos e linhas completas para processamento de alimentos, soluções para tratamento de efluentes e para exaustão, a RGO levará para a Mercoagro 2016 o lançamento do Paletizador Compacto High-Speed, usado em aplicações que necessitem de paletização automatizada com pouco espaço e alta velocidade. Apresentará em seu estande equipamentos para automação e mecanização do abate e desossa; projetos completos para indústria da carne; equipamentos e sistemas para processamento de vísceras e miúdos, estocagem, desossa e paletização; sistemas de transporte com alto desempenho para seleção e pesagem em movimento; equipamentos e soluções para tratamento de efluentes industrial, sanitário e de cozinha industrial e para o reuso das águas na indústria. A empresa também trabalha com toda a estrutura de serviços, instalações e assistência técnica.

A Mercoagro 2016 está programada para o período entre 13 e 16 de setembro, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC). Para o diretor da RGO, Rael Larini, “a Mercoagro é uma oportunidade ímpar para apresentar aos clientes soluções direcionadas ao mercado da carne”.

A feira é organizada pela Associação Comercial e Industrial (ACIC), com apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) e do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, entre outras instituições.

Faça seu credenciamento online aqui
 

Veja também

SUÍNOS/CEPEA: Para absorver excedente externo, setor deve ampliar destinos11/01/18 Estudo do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, indica que o consumo doméstico de carne suína pode aumentar 1,63% em 2018, o que corresponde a 49,6 mil toneladas a mais em relação ao estimado para 2017. Esse incremento na demanda tem como base um cenário mais conservador para a estimativa de crescimento do PIB pelo Banco Central do......

Voltar para Notícias (pt)