NOTÍCIAS

Postado em 21 de Junho às 11h22

Produção de carnes em MT deve crescer 40% até 2023, diz Rabobank

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A produção de proteína animal no estado de Mato Grosso deve crescer 40% até 2023, segundo projeção divulgada pelo Rabobank em relatório divulgado nesta semana.
Os crescimentos anuais médios da produção mato-grossense de carnes bovina, de frango e suína devem ser de 5%, 9% e 7%, respectivamente, entre 2017 e 2023.
A elevação total da produção, equivalente a quase 800 mil toneladas adicionais por ano, será impulsionada por menor custo de produção e maior produtividade dos sistemas integrados de produção do estado.
“Apesar dos diversos modelos possíveis de sistemas que se utilizam de conceitos de economia circular, todos têm em comum a redução do custo de produção total das propriedades e a inclusão de atributos de sustentabilidade ao produto final”, escreveu o analista do Rabobank Adolfo Fontes em relatório.
“A combinação desses dois fatores é bem-vinda já que traz vantagem competitiva para a
produção local.”
Menores preços de ração animal em Mato Grosso também têm colaborado para compensar altos custos logísticos no escoamento da produção para portos ou grandes centros de consumo. A soma dos custos de ração e logísticos para produtores mato-grossenses é menor que o verificado em outras regiões produtoras de proteína animal do país, como o oeste do Paraná, por exemplo.
Para atingir essa expectativa de produção do Rabobank em 2023, serão necessários
investimentos adicionais no setor, com modernização de plantas ociosas e novos projetos,
segundo o banco.

Fonte: Carnetec

Veja também

Hong Kong e Chile inspecionam frigoríficos brasileiros12/12/17 De segunda a quinta-feira (14/12) quatro frigoríficos do estado de São Paulo recebem uma missão veterinária de Hong Kong que inspecionará frigoríficos produtores de carne bovina, suína e de aves. De acordo com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) serão auditados quatro plantas. Na próxima......
Aeroporto do Galeão terá cão farejador para vigilância agropecuária19/10/17 O Aeroporto Internacional do Antônio Carlos Jobim, o Galeão, no Rio de Janeiro, será o próximo terminal aeroportuário do País a contar com o trabalho dos cães de detecção (farejadores). Os animais,......

Voltar para Notícias (pt)