NOTÍCIAS

Postado em 22 de Novembro de 2017 às 14h10

Posicionamento da ABPA sobre suspensão da importação de carne suína pela Rússia

Agroindústria (26)
  • Mercoagro – Edição 2018 -

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), entidade que representa a avicultura e
a suinocultura do Brasil, recebe com preocupação a decisão do Serviço Federal Sanitário e
Fitossanitário da Rússia (Rosselkhoznadzor) sobre a suspensão da importação de carne suína
nacional.
A suinocultura brasileira trabalha seguindo os princípios de qualidade e sanitários exigidos
pelos diversos países, como é o caso da Rússia e os mais de 70 mercados importadores do
produto do Brasil. 
Neste sentido, a ABPA confia no trabalho do Ministério da Agricultura, Pecuária e
Abastecimento (MAPA), sob a liderança do Ministro Blairo Maggi, para o pleno e rápido
esclarecimento, retomando em breve os embarques.
As agroindústrias associadas à ABPA respeitam a legislação sanitária da Rússia e dos
demais mercados com os mesmos critérios, e subsidiarão o MAPA com as informações dos
pontos que se façam necessários.  O setor está seguro sobre as características de seu produto, e
garante que a produção de carne suína embarcada não utiliza ractopamina.

Fonte: ABPA

Veja também

Com novo frigorífico da Frimesa, Paraná projeta liderar a produção de suínos no País19/10/17 O novo frigorífico de suínos que a Frimesa vai construir em Assis Chateaubriand, na região Oeste, deverá levar a produção de suínos do Paraná a um novo patamar, nos próximos anos, projeta o governo do Estado. O frigorífico da Frimesa, que lança a pedra fundamental nesta quinta-feira (19/10), poderá abater até 15 mil......
As safras e a economia31/01/18 O sucesso das safras agrícolas e a abundante oferta de alimentos foram determinantes para a baixa taxa de inflação que a economia brasileira registrou em 2017. Ao gerar os principais itens da alimentação humana –......

Voltar para Notícias (pt)