NOTÍCIAS

Postado em 28 de Fevereiro de 2018 às 13h27

O impacto do uso do material correto nos testes de detecção de salmonella

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Os materiais utilizados nos testes de controle e monitoramento da salmonella em aviários
não são todos iguais. Muito pelo contrário.
Utilizar produtos com problemas de esterilidade pode comprometer os resultados finais dos lotes amostrados, assim como utilizar embalagens de coletas não apropriadas pode levar a contaminação cruzada no armazenamento, transporte e até durante as coletas das amostras dos aviários até os laboratórios de saúde animal.
Para a bioBoaVista, fabricante 100% nacional de insumos para testes microbiológicos,
dentro de um programa eficiente de monitoramento, qualidade é a chave para garantir resultados seguros e confiáveis. Os Swabs de arrasto produzidos pela bioBoaVista são livres de contaminantes e estão dentro das normas exigidas pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), garantindo segurança para toda a cadeia produtiva de aves e suínos.
"Garantimos a esterilização de nossos produtos com irradiação Gama e não por
autoclavação. Isso garante segurança e praticidade, além do maior tempo de validade dos
produtos. A esterilização por autoclavação dura apenas 15 dias, enquanto que a esterilização por irradiação permanece por até um ano” afirma Ana Luiza Luz, diretora da bioBoaVista.
A bioBoaVista possui laboratório de controle de qualidade próprio onde são realizados os
testes de controle de qualidade de todos os lotes produzidos. Os meios de cultura produzidos são testados com cepas ATCC para avaliação do desempenho de crescimento de micro-organismos nestes meios.
Para todo lote produzido é emitido o laudo de controle de qualidade que acompanha o
produto. Os processos produtivos são realizados seguindo as boas práticas de fabricação e
controles exigidos pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Fonte e foto: Avicultura Industrial

Veja também

Embarques de carne de frango no mês já superam junho19/07/18 O Brasil exportou nos primeiros dez dias úteis de julho um montante de US$ 339,7 milhões em carne de frango in natura. Em todo o mês passado, a remessa dessa proteína havia somado US$ 329,6 milhões. O avanço no atual mês é de 116,4% em relação ao mês passado, em termos de média diária de exportação. Até a......
Vulcabras apresentará sapato em EVA Lite Safe07/08/18 Com mais de 60 anos no mercado calçadista brasileiro, a Botas Vulcabras é uma empresa gestora de marcas líderes. Sob a denominação de Companhia Industrial Brasileira de Calçados Vulcanizados desde 1952, preocupa-se em......
Participar de feira é excelente ferramenta para os negócios22/03/18 A participação em feiras de negócios, nacionais e internacionais, é muito recomendável para empresas. Em primeiro lugar, é uma fonte de informações do mercado. Numa feira do setor de......

Voltar para Notícias (pt)