NOTÍCIAS

Postado em 05 de Dezembro de 2017 às 13h32

Navio para transporte de animais vivos levará 27 mil cabeças à Turquia

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A primeira operação de exportação de cargas vivas, desde 1996, no porto de Santos (SP),
é realizada nesta semana. Um navio boiadeiro está estacionado no local desde quinta-feira (30), em uma megaoperação para embarcar 27,5 mil bois para a Turquia.
A operação está sendo realizada em Santos porque o porto está mais próximo de onde há
rebanhos com as características buscadas pelos compradores turcos. O navio que recebe os
bovinos tem 201 metros de comprimento, 32 metros de largura e quase 47 mil toneladas. É a maior embarcação do mundo para transporte de animais vivos, de acordo com o site especializado Marine Traffic.
A operação é acompanhada por técnicos da Companhia Docas do Estado de São Paulo
(Codesp), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), da Receita Federal e da
Vigilância Agropecuária (Vigiagro).
Em 2016, o Brasil tinha cerca de 218 milhões de bovinos, de acordo com dados do Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com cerca de 20% do rebanho mundial. Naquele ano, o País foi o segundo maior produtor de carne bovina, responsável por 15,4% da produção global, atrás apenas dos EUA, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Fonte: Gazeta do Povo, adaptado pela equipe feed&food

Veja também

Santa Catarina amplia exportação de carnes para China09/08/18 Santa Catarina encerra o mês de julho com saldo positivo nas exportações de carnes. O estado retomou o crescimento nas vendas internacionais de carne suína e de frango, faturando US$ 361,9 milhões no último mês. Os grandes mercados ampliaram suas compras, com destaque para China – que já se consolida como o principal destino das carnes......
Impacto dos microminerais no crescimento dos bezerros11/06/18 Os gerentes de sistemas de recria, geralmente, enfrentam diversos desafios com bezerros que chegam dos leilões. Ao longo do processo, esses animais, muitas vezes, são misturados, expostos a patógenos de enfermidades e passam pelo......

Voltar para Notícias (pt)