NOTÍCIAS

Postado em 12 de Julho de 2016 às 10h06

Montemil apresentará mix de produtos na Mercoagro 2016

Com atuação em todas as regiões do Brasil, América Latina e Europa, a Montemil Industrial é uma das maiores e mais completas empresas do segmento na fabricação de equipamentos para a indústria frigorífica da América Latina. Fundada em 1986 em Chapecó, a empresa oferece produtos para diversos segmentos da indústria alimentícia, como frigoríficos, laticínios, biscoitos, massas, hortifrúti e restaurantes.

A empresa fabrica e desenvolve equipamentos de acordo com cada aplicação e necessidade. Atua também com montagens industriais de equipamentos, utilidades e serviços de usinagem com modernos centros automatizados. Para frigoríficos e indústrias brasileiras de produtos cárneos, tem produtos para os setores de abate, cortes, industrialização, embalagem, estocagem e recepção.

Os principais produtos são para áreas de cortes como serras automáticas, embaladoras, seladoras a vácuo automáticas e semiautomáticas, esteiras para automação de processos e transportes, além de equipamentos para preparação e industrialização de carnes como: cortadores, moedores e misturadeiras. Atua ainda nos processos de cozidos, linhas de cozimento, defumação, resfriamento, depilagem, tingimento e embalagem.

Essa será a quinta participação da Montemil na Mercoagro como expositor. “É uma oportunidade de poder estar próximo dos clientes, mostrar as novidades e soluções que desenvolvemos diariamente para a melhoria constante dos processos dentro das indústrias. Além de ser um evento de grande relevância, é importante para valorizarmos nosso município”, explanou o gerente comercial da empresa, Volmir da Silva.

A FEIRA

A Mercoagro 2016 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) é organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e será realizada de 13 a 16 de setembro no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC). O horário de visitação será das 14 às 21 horas. 

A feira conta com o apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) e do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, entre outras instituições. 

Veja também

SC registra faturamento 14,97% maior na exportação de carne suína13/12/17 Em onze meses, Santa Catarina embarcou 253,8 mil toneladas de carne suína para países como Rússia, Hong Kong, China, Chile e Cingapura. E, mesmo com uma quantidade 0,24% menor do que no mesmo período de 2016, o setor não sofreu prejuízos financeiros. Pelo contrário, o faturamento com as vendas foi 14,97% maior, ficando em torno de US$ 590 milhões. Os......
Argentina, Uruguai e Chile ampliam importações de carne suína05/03/18 Países como Argentina, Uruguai e Chile estão entre os principais importadores da carne suína brasileira. A ampliação de embarques para estes mercados ajudou o Brasil a contornar os efeitos do bloqueio russo sobre as......

Voltar para Notícias (pt)