NOTÍCIAS

Postado em 26 de Abril de 2018 às 15h14

MAPA formalizará a exportação de material genético já no início de maio

  • Mercoagro – Edição 2018 -

As negociações com os países interessados em importar material genético nacional estão
aceleradas. Novas reuniões devem ocorrer na próxima quarta-feira (02) durante a 84ª Expozebu, que ocorre em Uberaba (MG).
Os acordos sanitários que formalizarão o início das exportações devem ser assinados já na
sexta-feira (04). Duas equipes da Coordenação de Trânsito e Quarentena Animal (CTQA) do
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) estarão à disposição dos técnicos dos países importadores para formalizar acordos.
Além da apresentação do sistema, também ocorrerá uma visita a central produtora do
material genético (sêmen e embriões). Ao todo, até o momento, 15 países demonstraram
interesse comercial nos produtos.
O Departamento de Saúde Animal (DSA) do MAPA, a Agência Brasileira de Promoção de
Exportações e Investimentos (ApexBrasil, Brasília/DF) e a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ, Uberaba/MG), serão os órgãos envolvidos na negociação.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food

Veja também

Pesquisa aponta crescimento no abate de frangos e suínos19/06/17 Foram abatidas 1,48 bilhão de cabeças de frango no primeiro trimestre deste ano O primeiro trimestre deste ano registrou crescimento nos abates de frangos e suínos, se comparado com o trimestre anterior. Os dados foram divulgados na semana passada, na Pesquisa Trimestral de Abate de Animais e Aquisição de Leite, Couro e Produção de Ovos, do Instituto......
General Belt apresentará vasta linha de correias industriais14/07/16 Fundada em 1987, a General Belt do Brasil está localizada estrategicamente em um dos maiores polos industriais de Santa Catarina: a cidade de Blumenau. Com atuação em todo o País, fornece linha completa de correias industriais. Os......
Abate de bovinos sobe 3,8% em 2017, de suínos bate recorde e de frangos cai22/03/18 Os abates de bovinos no Brasil somaram 30,83 milhões de cabeças no ano passado, alta de 3,8% ante 2016, o primeiro crescimento anual após três anos consecutivos de queda, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de......

Voltar para Notícias (pt)