NOTÍCIAS

Postado em 18 de Maio às 11h20

Maggi afirma que pauta de exportações entre Brasil e China será diversificada

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Em Pequim, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, reuniu-se com integrantes da Administração Geral da Supervisão da Qualidade, Inspeção e Quarentena (antiga AQSIQ). No encontro, o ministro recebeu de Zou Zhiwu, vice-ministro da Administração Geral da Aduana da China, a garantia de que será cumprido o compromisso de avançarem nas negociações entre os dois países na Subcomissão de Inspeção e Quarentena chinesa. Há dois anos, Brasil e China paralisaram as reuniões nesta subcomissão, que aprova as condições sanitárias e fitossanitárias para o comércio de produtos agropecuários com a China.

“Esse é o começo de um novo tempo nas nossas relações comerciais”, comemorou o ministro. Entre as questões que o Brasil levará para serem tratadas na subcomissão, ainda este ano, estão as exportações de miúdos de suínos e de bovinos, de carnes com osso e carnes termicamente processadas. "Isto só está sendo possível”, destacou Maggi, “porque estamos recebendo o certificado de país livre da febre aftosa pela OIE (Organização Mundial de Saúde Animal).”
O Brasil aguarda para o próximo dia 21 a chegada de uma missão veterinária chinesa para
inspecionar plantas frigoríficas de aves, carne bovina e de asininos (jumentos).
O ministro lembrou ainda que também deverão ser incluídas nas tratativas comerciais a exportação e a importação de frutas. A China pretende importar arroz, lácteos, farinhas para ração animal e ovos férteis, e exportar pescados para o Brasil. "Estamos avançando na diversificação da nossa pauta de exportações", disse Maggi.
A China é o maior mercado para os produtos agropecuários brasileiros, consumindo 39% do total de nossas exportações. Em 2017, os embarques somaram US$ 26 bilhões, com liderança da soja em grão (US$ 20,3 bilhões), e celulose (US$ 2,6 bilhões). As importações de produtos chineses no mesmo período atingiram US$ 1,1 bilhão, principalmente de algodão e produtos têxteis de algodão (US$ 288,2 milhões).

Fonte: MAPA

Veja também

Aurora Alimentos premia avicultores por desempenho de qualidade21/06 Com o objetivo de reconhecer a qualidade do trabalho desenvolvido por produtores rurais de aves, a Cooperativa Central Aurora Alimentos entregou nessa semana a premiação “Avicultores com Recorde de Desempenho”. O prêmio foi dividido em três categorias: Lotes com resultados recordes Aurora – machos, misto e fêmea. A entrega foi feita pelo presidente da Aurora......
Sistema de credenciamento aproximará expositores e visitantes da Mercoagro 201616/12/15 A comissão responsável pelo sistema de credenciamento da Mercoagro 2016, coordenada pelo empresário Mauricio Zolet, trabalha em ritmo acelerado para deixar tudo preparado para entrar no ar na segunda quinzena de janeiro. Fazem parte da......
Inicia nesta terça-feira em Chapecó a Mercoagro 201612/09/16 Pavilhões abrem às 14 horas. Solenidade oficial está prevista para as 16 horas desta terça-feira (13) na entrada do Pavilhão 4 Um dos maiores eventos da indústria mundial da carne, a Mercoagro 2016 (Feira......

Voltar para Notícias (pt)