NOTÍCIAS

Postado em 13 de Abril de 2016 às 09h12

Líder mundial em tecnologia para abate de aves, Meyn estará na Mercoagro 2016

Com sede na Holanda e unidade em Campinas (SP), a Meyn do Brasil é líder mundial em tecnologia de linhas para abate de aves, atuando no Brasil e no mundo.

Para a Meyn do Brasil a abrangência da Mercoagro é um dos motivos para a participação da indústria em mais uma edição. Segundo a empresa a feira é muito importante, pois atinge um público-alvo decisivo tanto na região Sul, importante polo na produção de aves, como visitantes de todo o Brasil e América do Sul. É uma feira chave para atingir os objetivos em atender e entender melhor os atuais e futuros clientes.

Fornecedora das marcas JetStream (escaldadoras); Maestro (evisceradoras); Physics e Compact (linha de cortes) e Rapids (desossadoras, entre outros), a Meyn apresentará na Mercoagro 2016 toda a linha de equipamentos para o setor cárneo. 

A Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne (Mercoagro) será realizada de 13 a 16 de setembro, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC), e possui apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) e do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, entre outras instituições.

Com mais de 70% dos espaços disponíveis já comercializados, a feira é considerada sucesso. O presidente da ACIC, Josias Mascarello, destaca que a adesão das empresas à 11ª edição da Mercoagro é grande em face da tradição de eficiência e seriedade demonstradas em 22 anos e dez edições bienais consecutivas. Para o diretor de feiras Bento Zanoni, as vendas crescentes decorrem de dois fatores: o prestígio da feira e o bom momento do mercado internacional de carnes. 

Veja também

Milho e soja têm os maiores preços desde dezembro de 201604/05 Valorização nos preços de milho e soja é comemorada pelos agricultores do estado. Os produtores que decidiram investir na plantação de grãos já recebem em torno de R$ 77 pela saca de soja e R$ 35 pela saca de milho - os maiores preços desde dezembro de 2016. Principal insumo para abastecer as cadeias produtivas de carnes, o milho é o......
Embarques de carne in natura para EUA iniciam em cerca de 90 dias08/08/16 As exportações de carne bovina in natura para os Estados Unidos devem iniciar em cerca de 90 dias, após finalização dos trâmites administrativos realizados pelas autoridades dos Ministérios da Agricultura e......
Preços do suíno vivo e da carne seguem em alta no País17/08 Os preços do suíno vivo e da carne subiram pela segunda semana consecutiva, segundo levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP. A demanda mais aquecida – devido ao recebimento dos......

Voltar para Notícias (pt)