NOTÍCIAS

Postado em 27 de Maio de 2016 às 09h43

Lenke apresentará soluções para a indústria de alimentos

Classificadoras de esteiras, balanças eletrônicas, sistemas de pesagem e etiquetagem são os produtos que serão expostos na Mercoagro 2016 pela Lenke Food Systems. Fundada em São Paulo em 1995, a empresa inicialmente trabalhou com a representação de equipamentos importados para o mercado brasileiro. Ao longo dos anos, a Lenke foi desenvolvendo seus próprios produtos e abriu uma filial em Tubarão (SC) para automação industrial e desenvolvimento de software para a indústria frigorífica. Assim nasceu a Lenke Automação.

A empresa é especializada em soluções para indústria de alimentos, destacando-se a linha de pesagem industrial, software de controle de produção e rastreabilidade. Os produtos para o mercado alimentício englobam balanças eletrônicas, classificadoras de esteiras, classificadoras aéreas, sistemas de pesagem, aplicadores de etiquetas, verificadoras de peso e software de controle de produção. 

“A feira consegue reunir grande quantidade de clientes em potencial. Como Brasil é grande, é muito custoso e demorado visitar estes clientes, e temos percebido durante os anos o retorno do investimento na Mercoagro, seja pelos negócios fechados ou pela divulgação da marca Lenke”, disse o diretor da empresa, Andri Laxdal.

A FEIRA

A Mercoagro 2016 é organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e será realizada de 13 a 16 de setembro no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC). O horário de visitação será das 14 às 21 horas. A feira conta com o apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) e do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, entre outras instituições. 

Veja também

Dados parciais da ABIEC apontam alta de 27% nas exportações de carne bovina em maio07/06/17 Demonstrando uma recuperação do mercado, as exportações de carne bovina tiveram alta de 27% em maio, mês em que foram embarcadas 115,3 mil toneladas, segundo dados parciais da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC). Em maio, o faturamento obtido com as negociações foi de US$ 463 milhões, o que representa um......
No acumulado do ano, exportações de carne suína crescem 42,2%31/08/16 De janeiro a julho deste ano, as exportações brasileiras de carne suína totalizaram 413,3 mil toneladas, aumento de 42,2% sobre o resultado obtido em igual período de 2015. As informações foram divulgadas pela......

Voltar para Notícias (pt)