NOTÍCIAS

Postado em 15 de Fevereiro às 09h50

Globoaves tem plano de recuperação homologado, prevê venda de ativos

  • Mercoagro – Edição 2018 -

O plano de recuperação judicial do Grupo Globoaves foi homologado por juíza da 3ª Vara
Cível da Comarca de Cascavel (PR) na sexta-feira (09) e prevê a venda de ativos para o
pagamento de credores, segundo informações divulgadas pelo administrador judicial do grupo. 
O Grupo Globoaves, que atua na produção e processamento de aves e suínos, entrou
com pedido de recuperação judicial em meados de 2016, afetada pela forte alta no custo de grãos para nutrição animal num cenário de baixo consumo, sobreoferta e queda de preço de proteínas no mercado. A dívida total da companhia é avaliada em cerca de R$ 500 milhões.
Imóveis, maquinário e outros ativos relacionados à produção e comercialização de ovos
embrionados para a fabricação de vacinas contra gripe, avaliados em R$ 225 milhões, serão
leiloados por meio da unidade produtiva isolada UPI Biotec.
A Globoaves também irá leiloar ativos que fazem parte da Fazenda Santa Rita e da
Fazenda Moreira, ambas em Goiás, avaliados em R$ 21,9 milhões, por meio da UPI Goiatuba. 
O plano ainda estima leiloar ativos avulsos, entre os quais estão granjas, fazendas,
incubatórios e fábricas de ração, que juntos são avaliados em até R$ 259,3 milhões, segundo os valores de referência anexados ao plano de recuperação. 
Os leilões dos ativos reunidos nas UPIs Biotec e Goiatuba deverão ocorrer em até um ano
após a data de homologação do plano. Já os ativos avulsos deverão ser vendidos em até dois anos.

Fonte: CarneTec

Veja também

Soluções para evitar antibióticos na alimentação de animais são apresentadas15/01 O cuidado com a alimentação animal e o uso de produtos que não causem impactos na saúde humana e  ao meio ambiente é um dos focos principais dos consumidores atuais e faz parte do conceito de saúde única. Com o rápido crescimento econômico e demográfico dos mercados emergentes no mundo, espera-se um aumento da classe média –......
BTG afirma que 2016 será o 'ano da carne' e destaca Minerva e Marfrig05/04/16 Banco foge do consenso do mercado e acredita que margens devem ser mais fortes e de longo prazo Para o BTG Pactual, 2016 será o ano da carne. O banco de investimentos prevê margens fortes e afirma que a indústria do setor deve se......
Exportações de carne de frango crescem 16,2% em outubro03/11/17 Levantamentos da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que as exportações brasileiras de carne de frango (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram 365,5 mil toneladas......

Voltar para Notícias (pt)