NOTÍCIAS

Postado em 15 de Fevereiro às 09h40

Exportadores brasileiros de proteínas buscam novos negócios em Dubai

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Em busca de reforçar as vendas de proteína animal para os países do Oriente Médio, a
Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceira com a Agência Brasileira de
Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) levará agroindústrias exportadoras para a Gulfood, maior feira de alimentos e bebidas da região, que será realizada entre os dias 18 e 22 de fevereiro, em Dubai (Emirados Árabes Unidos).
Dezesseis agroindústrias exportadoras do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São
Paulo e Goiás participarão da ação. Entre as empresas confirmadas estão a Agrodanieli,
Avenorte, Aurora, Bello Alimentos, Copacol, C. Vale, Frango Granjeiro, Frangos Pioneiro, GT
Foods, Jaguafrangos, Lar, Netto Alimentos, Nicolini, Vibra, Vossko e SSA.
Uma área superior a 150 metros quadrados foi reservada para a ação da ABPA no evento,
com total infraestrutura.  Uma área gastronômica foi especialmente preparada para os clientes e potenciais importadores dos produtos brasileiros, onde serão servidos pratos típicos do Brasil e do Oriente Médio – como o tradicional “shawarma”, além de omeletes.
Além do fomento a novos negócios, a ação também tem como objetivo divulgar as marcas
internacionais da avicultura brasileira - Brazilian Chicken e Brazilian Egg.  A marca Brazilian Pork também estará em destaque no evento, nas vendas de produtos para estrangeiros que vivem na região e para importadores de países não-islâmicos. Na ocasião, serão distribuídas ecobags e materiais promocionais com informações sobre os exportadores e os diferenciais do setor de proteína animal do Brasil, como a qualidade dos produtos, o status sanitário e o perfil sustentável da produção. “Como maiores produtores e exportadores mundiais de carne de frango halal (específica para o mercado islâmico), o Brasil quer renovar e ampliar suas parcerias junto aos importadores e autoridades do Oriente Médio.  Além das rodadas de negócios, teremos encontros com lideranças e representações de Governos e de associações de consumidores da região.  Os países árabes são nossos principais clientes, e queremos expandir os negócios em aves e ovos”, destaca Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.
No ano passado, os países do Oriente Médio importaram 1,448 milhão de toneladas de
carne de frango, gerando uma receita de US$ 2,408 bilhões.  Os Emirados Árabes Unidos, sede da Gulfood, importou sozinho 300,4 mil toneladas, com receita de US$ 517,4 milhões – é o sexto maior importador de carne de frango brasileira.
Mais informações sobre os projetos setoriais do Brasil podem ser obtidas pelos sites www.brazilianchicken.com.br e www.brazilianegg.com.br, ou também pelas fan pages fb.com/brazilianchicken e fb.com/brazilianegg.
SOBRE A ABPA
A ABPA é a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil.
Congrega mais de 150 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 8 bilhões.
Sob a tutela da ABPA está a gestão, em parceria com a Apex-Brasil, das três marcas setoriais das exportações brasileiras de aves, ovos e suínos: a Brazilian Chicken, Brazilian Egg e Brazilian Pork.
Por meio de suas marcas setoriais, a ABPA promove ações especiais em mercados-alvo e
divulga os diferenciais dos produtos avícolas e suinícolas do Brasil – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção – e fomenta novos negócios para a cadeia exportadora de ovos e de carne de frangos e de suínos.
SOBRE A APEX-BRASIL
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para
promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira.
A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as
exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, e visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira, entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.
A Apex-Brasil coordena os esforços de atração de investimentos estrangeiros diretos (IED)
para o Brasil com foco em setores estratégicos para o desenvolvimento da competitividade das empresas brasileiras e do país.
SOBRE OS PROJETOS SETORIAIS
Os Projetos Setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg e Brazilian Pork são mantidos pela
ABPA em parceria com a Apex-Brasil com o objetivo de promover junto ao mercado internacional as carnes de frangos, de suínos e os ovos produzidos no Brasil.  Por meio da participação em feiras, realização de workshops e outras ações especiais de promoção comercial, os projetos valorizam atributos destes setores produtivos – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção – e valorizam as marcas internacionais dos produtos, fomentando novos negócios para os exportadores brasileiros.  Cerca de 45 empresas participam dos projetos atualmente. Informações sobre como fazer parte dos projetos setoriais podem ser obtidas pelo e-mail Isis.sardella@abpa-br.org.

Fonte: ABPA

Veja também

Agronegócio sustenta PIB brasileiro, mas setor gera menos postos de trabalho20/10/17 A sustentação do PIB Brasileiro nos primeiros sete meses do ano foi possível, novamente, pelo agronegócio, conforme indicam pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. A safra recorde no campo estimulou a atividade também de outros segmentos, impactando no crescimento de 5,81% no PIB-volume do agronegócio na......

Voltar para Notícias (pt)