NOTÍCIAS

Postado em 22 de Junho de 2018 às 09h55

Exportações de carne bovina crescem 17%, mas segundo semestre é de incerteza

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Mesmo com a paralisação dos caminhoneiros, os embarques de carne bovina apresentaram crescimento de 17% nos quatro primeiros meses deste ano em relação a 2017. No último mês, as exportações se mantiveram estáveis. No entanto, os efeitos da greve para toda a cadeia produtiva podem causar impactos no desempenho no decorrer deste ano, apontam os dados do Rabobank.
Um ponto importante para o saldo positivo até o momento foi o reconhecimento do País
como livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), o que pode aumentar os embarques, principalmente para a China. Como todo o setor levará ainda um tempo para se recuperar, o futuro da exportação é incerto.
A oferta dos produtos levará em média de 30 a 60 dias para normalizar, mas deve manter a
tendência de crescimento em 2018. Em relação à demanda interna, as expectativas para o
segundo semestre seguem em análise, já que o potencial de compra ainda está sendo avaliado para baixo.

Fonte: Rabobank, adaptado pela equipe feed&food

Veja também

Paraná triplica receita com exportação de carne bovina24/02/16 O fim do embargo do Irã à carne bovina do Estado, a abertura de novos mercados e o dólar favorável fizeram as exportações mais que triplicarem em janeiro. De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), a receita somou US$ 7,97 milhões, mais que o triplo que os US$......
Mercoagro 2016 disponibiliza aplicativo para expositores13/09/16 Os expositores e visitantes da Mercoagro (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne), que inicia nesta terça-feira (13) em Chapecó, agora têm a disposição o Aplicativo......

Voltar para Notícias (pt)