NOTÍCIAS

Postado em 25 de Janeiro de 2018 às 10h15

EUA propõem mudanças em inspeção em unidades de processamento de suínos

Agroindústria (26)
  • Mercoagro – Edição 2018 -

Empresas processadoras de carne suína nos Estados Unidos podem assumir um nível
maior de responsabilidade na fiscalização de suas operações industriais e aumentar o ritmo de abate de animais. Conforme novas regras propostas pelo Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), o limite máximo de abate passaria de 1.106 para 1.295 animais por hora. O novo sistema também deslocaria inspetores do USDA da linha de processamento de carcaças para outras posições nas unidades. Isso, segundo a agência, daria aos fiscais uma melhor visualização das práticas de segurança alimentar.
A nova proposta atende a solicitações de companhias de aves e suínos, encaminhadas em
meados de setembro de 2017, e se baseia em um programa piloto de 15 anos. O programa
envolveu cinco plantas de suínos dos EUA autorizadas a processar a carne em velocidades 17% superiores aos padrões adotados pelo mercado. O USDA argumenta que as taxas médias de lesões em funcionários das unidades foram baixas durante o programa piloto, mas reconhece que a automação é maior nessas plantas.
Críticos afirmam que uma auditoria em 2013 descobriu que as empresas participantes do
programa piloto descumpriam várias regras de segurança alimentar. Segundo eles, as mudanças propostas na fiscalização podem aumentar o risco de contaminação dos alimentos por bactérias mais nocivas à saúde. Wenonah Hauter, diretora executiva da organização sem fins lucrativos Food and Water Watch, disse que o programa piloto não conseguiu mostrar que a autofiscalização pelas empresas pode resultar em alimentos seguros. 

Fonte: Estadão Conteúdo

Veja também

Maggi encerra visita ao Kuwait com promessa de reabertura de mercado16/05/17 Visita de três dias ao Kuwait foi encerrada nesta segunda-feira (15) pelo ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) com a promessa do governo daquele país de reabertura do mercado para carnes bovinas provenientes do Brasil, que estava fechado desde 2015. Maggi reuniu-se com os ministros da Agricultura (Mohamed Al Gabri) e da Indústria e Comércio (Khaled Nasser......
Bumerangue apresentará esteiras e correntes modulares plásticas05/12/17 A Bumerangue Brasil Industrial LTDA comemora 20 anos na Mercoagro 2018. A empresa fornece correntes e esteiras modulares plásticas, linha aérea plástica, acessórios e serviço de projetos para toda a América Latina.......

Voltar para Notícias (pt)