NOTÍCIAS

Postado em 10 de Janeiro de 2017 às 14h29

Dentre as proteínas, a carne de frango foi a que obteve maior valorização em 2016

Diante de um cenário macroeconômico ruim em 2016, o mercado de frango se destacou entre as proteínas.

A média anual dos preços pagos pelo frango vivo em São Paulo ficou 10,6% maior que em 2015. A cotação média foi de R$2,89/kg.

Os abates seguem movimento crescente. No acumulado dos três primeiros trimestres o país abateu 4,45 bilhões de cabeças (IBGE), aumento de 3,7% na comparação com igual período do ano anterior. O mercado conseguiu absorver bem a produção. A crise econômica no país aumentou a procura por proteínas de menor custo.

As exportações também colaboraram com o setor.

A carne de frango no atacado em dezembro acumulava valorização de 12,1% em doze meses, enquanto a suína teve alta de 8,0% e o dianteiro bovino queda de 2,2% no período.

A forte valorização do milho, porém, diminuiu as margens dos avicultores.

Para 2017, a expectativa de patamares menores para os preços do milho é favorável para o setor e, ainda diante de um cenário econômico desafiador, a carne de frango continua sendo uma opção interessante para o consumidor.

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também

Clínica Tecnológica esclarecerá dúvidas de visitantes e expositores22/07/16 Um local que funcionará como consultoria técnica, como se fosse um laboratório onde serão tratados temas de ponta, incluindo conservação de alimentos, Food Defense, alta pressão, sanidade animal, análise sensorial por meio de processos inovadores, como o nariz e a língua eletrônica. Assim será a Clínica Tecnológica, evento da......
Pecuária adere à internet das coisas30/04/18 O uso da tecnologia na pecuária vai muito além da genética. Mesmo com a escolha dos melhores animais, a criação é fator essencial para que o rebanho seja composto por animais saudáveis e que vão para o......

Voltar para Notícias (pt)