NOTÍCIAS

Postado em 12 de Janeiro às 11h21

Crescem as demandas de carnes Halal para comunidade muçulmana no mundo

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A busca por produtos Halal no mundo aumenta a cada ano. Só para você entender um pouco mais, vamos saber o que significa Halal. O alimento permitido no Islã, de acordo com as regras de Deus escritas no Alcorão, é denominado Halal, que em árabe significa lícito, autorizado, ou seja, alimentos que seguem 100% todas as normas da jurisprudência islâmica para consumo dos muçulmanos.
O gasto muçulmano com a economia halal atingiu US$ 2,1 trilhões em 2016, representando
11,9% das despesas globais. Só o setor de alimentos e bebidas leva os muçulmanos a gastarem US$ 1,24 trilhão, de acordo com o Centro de Desenvolvimento da Economia Islâmica de Dubai (DIEDC). Em segundo lugar as roupas e acessórios consomem US$ 254 bilhões, em seguida vem o segmento de mídia e entretenimento com US$ 198 bilhões, turismo US$ 169 bilhões e produtos farmacêuticos e cosméticos US$ 83 bilhões e US$ 57,4 bilhões respectivamente. Globalmente, as despesas muçulmanas em alimentos e bebidas devem alcançar as cifras de US $ 1,58 bilhão em 2020. São 60 países muçulmanos no mundo. Atualmente, há em torno de 1,8 bilhão de islâmicos, ou seja, praticamente ¼ da população.
O Brasil é considerado o maior produtor e exportador mundial de carne bovina, segundo
maior de frangos e líder nas vendas de carne Halal, especialmente comercializada para
muçulmanos. O país exporta para 22 países islâmicos, num total de dois milhões de toneladas ao ano. “Produzimos somente 33% de nossa capacidade. A expectativa é que até 2020 as exportações cresçam em 60%. Temos uma grande novidade que o Brasil poderá iniciar a exportação para Indonésia a partir deste ano. O mercado da Indonésia representa um potencial em torno de US$ 80 milhões”, ressalta Ali Saifi, diretor executivo da Cdial Halal.
Os Emirados Árabes Unidos importam US$ 20 bilhões de produtos de consumo Halal,
segundo a consultoria Farrely & Mitchell (em recente pesquisa), especializada em alimentos e agroindústria.
 
Fonte: Ascom/Avicultura Industrial

Veja também

Carne de frango e suína brasileiras marcam presença na Copa do Mundo14/06 A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), realizará uma ação para promover a qualidade da carne suína e de frango brasileira na Rússia até o dia 30 de junho, em Moscou, durante a Copa do Mundo Fifa Rússia......
URT promoverá tecnologias para pecuária sustentável23/08 A Unidade de Referência Tecnológica (URT) do Instituto de Zootecnia (IZ), da Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo, lançada na última semana, tem como objetivo difundir os sistemas de produção e......
Brasil busca ampliar vendas de produtos agrícolas para a Ásia17/01 Num momento em que em alguns produtos agropecuários do Brasil são alvo de restrições ou ameaças de proibição por parte de importadores relevantes como União Europeia e Rússia, o......

Voltar para Notícias (pt)