NOTÍCIAS

Postado em 03 de Maio de 2017 às 17h26

Brasil tem 90% dos frigoríficos habilitados para o abate Halal

Mercoagro – Edição 2018 O Brasil possui 90% dos frigoríficos habilitados para produzir proteína animal Halal e seus derivados, de acordo com nota divulgada pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, na...

O Brasil possui 90% dos frigoríficos habilitados para produzir proteína animal Halal e seus derivados, de acordo com nota divulgada pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, na quarta-feira (26/4). O conceito Halal trata-se de uma série de padrões que vão desde a constatação da saúde plena do animal até a não adoção de trabalho infantil ou escravo pelos estabelecimentos de abate.

Ainda segundo a entidade, o volume exportado da carne brasileira alcança apenas 20% da população muçulmana no mundo, de cerca de 1,8 bilhão de pessoas. Por outro lado, o país é o principal exportador de carne bovina e de frango para países islâmicos. A carne suína não entra nessa conta, visto que o consumo de suínos é proibido pelo Islamismo.

Para exportar para os países muçulmanos, os frigoríficos brasileiros precisam realizar o procedimento Halal longe dos animais não Halal. Nesse caso, o gado deve ser saudável, em perfeita condição física e não deve sofrer. O abate precisa ser autorizado por autoridades sanitárias e só pode ser feito e fiscalizado por muçulmanos que conheçam as regras e condições da prática.

Fonte: Globo Rural

Veja também

Salão da Inovação apresentará resultados de pesquisas03/05 A Comissão Central Organizadora da Mercoagro (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne) reuniu nessa semana, na Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), universidades de Chapecó para apresentar a proposta do Salão da Inovação. O evento integra a programação paralela da Mercoagro......
Frimesa anuncia fim do confinamento de matrizes em gaiolas de gestação19/10/17 A cooperativa Frimesa, quarta maior produtora de carne suína do País, anunciou uma nova política de bem-estar animal, na qual se compromete a eliminar o uso de gaiolas de gestação para porcas reprodutoras até 2026. As......

Voltar para Notícias (pt)