NOTÍCIAS

Postado em 26 de Fevereiro de 2016 às 14h30

Brasil dará salto no mercado agrícola em dez anos, preveem EUA

Daqui a dez anos, a presença brasileira no mercado internacional vai ser bem mais atuante do que a atual.

Estimativas divulgadas nesta quinta-feira (18) pelo Usda (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) apontam grandes avanços do Brasil na soja, nas carnes e no algodão.

Mas, assim como o Usda prevê bons caminhos para esses produtos, não leva em consideração o grande avanço que o país vem obtendo nas vendas externas de milho. Elas deverão ficar estáveis nos próximos dez anos.

O grande salto fica por conta da soja, cujo volume a deixar o país em dez anos será de 76,4 milhões de toneladas, 35% mais do que o atual.

Do outro lado, o ex-líder em exportação da oleaginosa, os Estados Unidos, terão um avanço de apenas 5% no volume exportado.

A participação brasileira no mercado mundial sobe para 47%, ante os 44% atuais. Já a dos norte-americanos recua para 33%, ante os 39% atuais.

Em termos percentuais, o melhor desempenho brasileiro fica para o algodão.

A estimativa dos Usda é que as exportações atinjam 1,7 milhão de toneladas na safra 2025/26, uma evolução de 93% até lá.

No setor de carnes, o Brasil manterá liderança no setor de frango, cujas vendas externas somarão 5,4 milhões de toneladas em 2026, uma evolução de 32% no período.

Esse volume dará ao país uma participação de 45% do mercado externo total. Os Estados Unidos, cuja participação cairá para 34%, vão exportar 4,1 milhões de toneladas.

Nos números do Usda, o Brasil exportará 2,6 milhões de toneladas de carne bovina em dez anos, 44% mais do que atualmente. Já as exportações de carne suína sobem para 830 mil toneladas, 43% mais.

As exportações totais do setor de agronegócio dos Estados Unidos atingirão US$ 176 bilhões em 2025. As importações, US$ 6 bilhões a menos.

Para este ano, o Usda projeta exportações de US$ 132 bilhões, com importações de US$ 122 bilhões para os Estados Unidos.

Fonte: Folha de São Paulo  

Veja também

Fibratec apresentará reservatórios para grandes volumes de água11/08/16 A Fibratec Engenharia atua no mercado com espírito empreendedor, fabricando produtos em fibra de vidro, polietileno e polipropileno desde 1987. A empresa possui a solidez de uma marca com credibilidade e visão no futuro. Investindo em novas tecnologias, iniciou suas atividades com soluções inovadoras na área de tratamento de efluentes, reservatórios de grandes volumes e......
Governo inicia missões em mercados compradores de carne no próximo dia 1706/04/17 Após uma intensa campanha para convencer os países importadores de carne a não suspenderem totalmente as compras de carnes do Brasil, por causa da Operação Carne Fraca da Polícia Federal, agora o governo se prepara......
Produção de carnes em MT deve crescer 40% até 2023, diz Rabobank21/06 A produção de proteína animal no estado de Mato Grosso deve crescer 40% até 2023, segundo projeção divulgada pelo Rabobank em relatório divulgado nesta semana. Os crescimentos anuais médios da......

Voltar para Notícias (pt)