NOTÍCIAS

Postado em 13 de Dezembro de 2016 às 09h21

Brasil costura acordo para aumentar exportações do agronegócio para o Irã

Ministro do MDIC vê grande potencial para aumento nos embarques

O Brasil está costurando novos acordos para aumentar as exportações para o Irã, especialmente de produtos do agronegócio, como, por exemplo, milho, grão e farelo de soja, açúcar, carne bovina, entre outros. 

Após recente encontro com o ministro da Economia, e Finanças do Irã, Ali Taiebnia, Marcos Pereira, titular do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), assinalou que o comércio entre os dois países está crescendo, com grande potencial para aumento dos embarques, não só de produtos agrícolas, como também de bens dos setores automotivo, de máquinas e equipamentos médico-hospitalares. 

Em 2015, as exportações brasileiras para o Irã cresceram 15,8% em relação ao ano anterior, passando de US$1,4 bilhão para US$1,6 bilhão. O que respresentou 0,9%  do total das vendas do Brasil para o mundo, ano passado, quando 114 empresas brasileiras realizaram vendas para o mercado iraniano. Em 2016, o comércio bilateral também registra crescimento. 

De janeiro a outubro deste ano, o intercâmbio comercial, que é a soma das exportações e importações, cresceu 46,1%, alcançando US$1,94 bilhão. A balança comercial é superavitária para o Brasil. As exportações brasileiras são de US$1,879 bilhão e as importações, US$59 milhões, com saldo positivo de US$1,820 bilhão. 

Fonte: InfoMoney

Veja também

Exportação de carne bovina se recupera13/08 A Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) divulgou que as exportações totais de carne bovina (in natura e processada) bateram recordes em julho e mantiveram o resultado do ano positivo para o setor, que representa 20% do abate brasileiro.  Depois de quatro meses de resultados negativos, os números voltaram a crescer: em julho de 2017 o Brasil enviou para......

Voltar para Notícias (pt)