NOTÍCIAS

Postado em 25 de Julho de 2018 às 13h26

Alemanha é potencial mercado para carne bovina premium brasileira

  • Mercoagro – Edição 2018 -

A carne bovina brasileira poderia ganhar mercado na Alemanha se o Brasil melhorar a imagem do seu produto no país e adequar exportações ao paladar alemão, segundo resultados preliminares de uma pesquisa apresentada por representante da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha durante o Global Agribusiness Forum na terça-feira (24).
Há mercado para a carne brasileirapremium e angus na Alemanha, segundo o consultor de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável entre Brasil e Alemanha da Câmara Brasil-Alemanha, Bernd dos Santos Mayer.
A Alemanha importa grande parte da carne bovina que consome, segundo Mayer. A maioria das importações vem de países da própria União Europeia, seguida da Argentina. O Brasil, o terceiro colocado, exporta metade do volume vendido pelos argentinos à Alemanha.
“Se você vai ao supermercado da Alemanha procurar carne bovina brasileira, não vai encontrar... e se você encontrar, estará escrito na embalagem 'carne sul-americana'. Sumiu a marca 'carne do Brasil'”, disse Mayer, atribuindo essa situação à piora da imagem do produto brasileiro no exterior.
Entre as carnes bovinas importadas pela Alemanha, a brasileira tem o menor valor, cerca de 35% abaixo do preço da carne argentina, segundo a pesquisa. As carnes mais caras são as compradas dos Estados Unidos, Argentina e Austrália.
O preço mais baixo da carne brasileira é atribuído à imagem do produto, mas também ao sabor da carne. Segundo Mayer, o consumidor alemão prefere o sabor da carne angus, que é mais similar à carne produzida na Alemanha, e a maior parte da carne bovina brasileira que chega ao país é derivada do boi zebu.
“A carne zebuína é mais (usada, naquele país) para hambúrguer, nas pizzarias e refeitórios de empresas. Você não vai encontrar (essa carne) no supermercado como carnepremium”, disse Mayer.
A pesquisa em andamento é parte de uma iniciativa da Câmara Brasil-Alemanha, em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV) e com uma certificadora de carne angus, que visa melhorar a imagem da carne bovina brasileira na Alemanha.
O projeto está em fase inicial de pesquisa de mercado e os dados apresentados no Global Agribusiness Forum são resultado de consultas com 30 empresas alemãs incluindo atacadistas, restaurantes e importadores de carnes, segundo Mayer. O Global Agibusiness Forum foi realizado em São Paulo nos dias 23 e 24 de julho e transmitido online pelo site do evento.

Fonte: Carnetec

Veja também

Schmersal Brasil apresentará sistemas de segurança para máquinas industriais23/04/18 Multinacional alemã líder mundial em sistemas de segurança para máquinas industriais, a Schmersal Brasil estará na Mercoagro 2018 (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne), programada para o período de 11 a 14 de setembro, em Chapecó. A empresa também desenvolve soluções em......
Alimentos: Merck investe em carne produzida com cultura de células18/07/18 A companhia farmacêutica alemã Merck e a processadora suíça de carnes Bell Food Group investiram US$ 8,8 milhões na holandesa Mosa Meat, uma startup que pretende produzir carne a partir de culturas de células......
PRIMEdge do Brasil expõe pela primeira vez na Mercoagro19/05/16 Com uma atuação em todo o território nacional a PRIMEdge do Brasil atende frigoríficos de bovinos, aves, suínos, caprinos e peixes nas áreas de abate, desossa e industrialização para indústria......

Voltar para Notícias (pt)