NOTÍCIAS

Postado em 17 de Outubro de 2017 às 15h46

Ação na Alemanha gera S$ 129,1 milhões em negócios

Mercoagro – Edição 2018 Exportadores de aves e de suínos do Brasil comemoraram o saldo da ação organizada pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira...

Exportadores de aves e de suínos do Brasil comemoraram o saldo da ação organizada pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), durante a Anuga, maior feira de alimentos do mundo, encerrada na última quarta-feira (11) em Colônia (Alemanha).
Conforme relatório levantado junto às 22 agroindústrias exportadoras de aves, de suínos e de ovos participantes da ação, foram realizados US$ 129,1 milhões em negócios de exportação com clientes de todo o mundo, especialmente da Europa e da Ásia.
Pelas projeções estabelecidas a partir dos contatos realizados, a ação deverá gerar, ainda, mais de US$ 200 milhões em exportações para a avicultura e a suinocultura do Brasil nos próximos 12 meses.
Mais de 2,3 mil contatos foram estabelecidos pelo setor brasileiro nos cinco dias de evento. Destes, 1,3 mil são novos clientes.
Para apresentar a qualidade e outros diferenciais do produto brasileiro, a ação contou com uma galeteria estruturada em meio aos 400 m² destinados para a ABPA na Anuga. Cerca de 330 quilos de carne de frango foram preparados aos visitantes, como cortes de frango e processados (nuggets). Sob o comando do chef gaúcho Marcelo Bortolon, foram servidos 1,1 mil pratos, como o conhecido “Frango com Polenta”. Os visitantes também receberam materiais informativos sobre a avicultura e a suinocultura do Brasil, e os contatos das empresas exportadoras.
A iniciativa da ABPA na Alemanha também contou com entrevistas a veículos de imprensa da União Europeia e reuniões com Stakeholders, como associações de mercados da Ásia e Europa, além dos Estados Unidos.
“Há ambições maiores que nesta ação vão além da concretização de negócios. Durante a Anuga, atuamos para fortalecer a marca setorial, ao mesmo tempo em que buscamos ‘medir a temperatura’ do mercado internacional e a percepção dos importadores sobre a imagem do nosso setor. Destes contatos, pudemos concluir que superamos os difíceis momentos do primeiro semestre”, analisa o presidente-executivo da ABPA Francisco Turra.
Participaram da Anuga as empresas Coasul, Pif Paf, Integra, Avenorte, GT Foods, Frango Granjeiro, Frango Pioneiro, Jaguafrangos, Alibem, C. Vale, Frimesa, Dália, Vibra, Lar, Zanchetta, Agrodanieli, Netto Alimentos, Ecofrigo, Bello Alimentos, São Salvador Alimentos, Copacol e Seara. A Aurora Alimentos, também associada da ABPA, participou com estande próprio na feira.

Fonte: ABPA

Veja também

Exportações agro devem registrar novo recorde em 201710/11/17 O agronegócio brasileiro tem demonstrado que 2017 pode ser mais um ano de recorde nas exportações, segundo indicam pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. De janeiro a setembro deste ano, o volume embarcado cresceu 5,7% quando comparado ao mesmo período de 2016. Os preços em dólar também subiram, 8,3%......
Suinocultura, conforto térmico e produção animal20/10/17 Na suinocultura, um dos maiores problemas relacionados ao conforto térmico e bem-estar animal está na maternidade, onde se tem que criar dois ambientes distintos, com exigências bem diferenciadas onde a temperatura de conforto dos......
Agronegócio produz mais a preço menor e ajuda no controle da inflação24/11/17 O crescimento do PIB-volume do agronegócio está estimado em 6,3% neste ano, considerando-se informações disponíveis até agosto/17, segundo indica pesquisa do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia......

Voltar para Notícias (pt)