NOTÍCIAS

Postado em 27 de Fevereiro às 11h07

ABPA busca ampliar exportações para o México

  • Mercoagro – Edição 2018 -

Destaque entre os países mais influenciados pelas novas configurações do comércio
internacional, o México será o mercado-alvo de uma ação de promoção comercial organizada pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), durante a ExpoANTAD & Alimentaria 2018. A feira acontecerá entre 6 e 8 de março, na cidade mexicana de Guadalajara.
A ABPA contará com uma área exclusiva no evento para promoção das marcas
setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg e Brazilian Pork.  Quatro empresas participarão da ação: Copacol, C Vale, Seara e Zanchetta Alimentos.
Além de rodadas de negócios com potenciais clientes e importadores mexicanos, a ação
contará com a distribuição de material promocional em espanhol, com informações sobre as empresas e detalhes sobre os diferenciais produtivos da avicultura e da suinocultura do Brasil, como o status sanitário, a qualidade e o perfil sustentável da produção.
Além da ação na ExpoANTAD & Alimentária, a equipe da ABPA participará de uma série de encontros com representações de importadores mexicanos e da representação oficial brasileira no México. Em pauta, além do reforço às exportações avícolas, serão abordadas as tratativas para a abertura deste mercado à carne suína made in Brazil.
“O México renovou recentemente sua cota de importação de produtos avícolas brasileiros,
assegurando a continuidade dos negócios para o setor. Nosso objetivo, entretanto, é ir além e firmar o Brasil como fornecedor, também de carne suína. O Brasil está em negociação com as autoridades mexicanas, e há boas perspectivas quanto a abertura deste valioso mercado, que é um dos maiores importadores de proteína animal do planeta”, destaca Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.
Décimo primeiro maior importador de carne de frango do Brasil, o México registrou
crescimento em suas compras ao longo de 2017.  Para lá, foram embarcadas 94,7 mil toneladas ao longo do ano, volume que superou em 59,5% o total exportado em 2016. Em receita os negócios com os mexicanos no ano passado superaram em 82% os resultados do ano anterior, alcançando US$ 184,7 milhões.

Fonte: ABPA

Veja também

ABPA apoia estudos de consulta na OMC sobre dumping chinês13/07 A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) apoia a realização de estudos sobre eventuais consultas no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC) para tratar da decisão do Ministério do Comércio da China (MOFCOM) pela aplicação de medidas de tarifas à carne de frango brasileira, como direito antidumping......
Receita com exportações de carne suína brasileira sobe 8,7% em janeiro23/02/16 O Brasil exportou 47,1 mil toneladas de carne suína em janeiro, aumento de 63% em relação a janeiro de 2015 As exportações de carne suína brasileira tiveram forte aumento em janeiro, impulsionadas pela......
Lavadora de facas será lançada pela Dronma23/03 Especializada em equipamentos, peças e serviços, afiação de facas, chairas e lavadoras de facas, a Dronma Indústria e Comércio LTDA lançará, na Mercoagro 2018 (Feira Internacional de Negócios,......

Voltar para Notícias (pt)