NOTÍCIAS

Postado em 16 de Janeiro de 2018 às 10h32

Aberta consulta pública sobre procedimentos na produção de alimentação animal

Está aberta consulta pública para sugestões ao regulamento técnico relacionado à
identidade, qualidade e procedimentos para uso na alimentação animal. O objetivo do
regulamento é estabelecer os critérios para utilização de resíduos sólidos provenientes da
indústria alimentícia, quando destinados à alimentação animal. O prazo é de 60 dias a contar da data de publicação no Diário Oficial, no último dia 10.
“A demanda pela regulamentação desse tema se deu em função da grande quantidade de
resíduos gerados no processamento de alimentos, que são passíveis de uso na alimentação
animal”, explicou Fernanda Tucci, coordenadora de Fiscalização de Produtos para Alimentação Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
O estabelecimento de critérios higiênico-sanitários para a utilização segura dos produtos
permitirá o uso de fontes alternativas que apresentam alto valor nutricional e custo reduzido, além de serem ambientalmente sustentáveis, de acordo com Fernanda Tucci.
Produtos destinados à alimentação animal obtidos a partir do processamento dos resíduos
sólidos nas indústrias alimentícias são tratados como coprodutos. Pela regulamentação, os
fabricantes devem seguir obrigações como a de somente receber resíduos sólidos identificados na origem e acompanhados de ficha técnica.
Na classificação, constam coprodutos das indústrias de cereais e farinhas, frutas e vegetais,
cacau, mistura para preparo de alimentos e bebidas, bebidas líquidas e compostas, produtos lácteos e derivados, a base de açúcares, a base de óleos e de gorduras vegetais.
Para resíduos sólidos provenientes do preparo de alimentação humana é necessário
gerador com instalações em condições higiênico-sanitárias que atendam aos requisitos de boas práticas de fabricação, conforme legislação específica, entre outras obrigações.
A minuta da Instrução Normativa está disponível no site do Ministério da Agricultura,
Pecuária e Abastecimento. No mesmo local, pode ser acessado o formulário eletrônico a ser utilizado para encaminhar sugestões tecnicamente fundamentadas.

Fonte: MAPA

Veja também

Seara quer dobrar produção de frango natural em 2018, após alta de 87% nas vendas16/01/18 A Seara, marca do grupo JBS, elevou o volume de vendas de frangos produzidos sem antibióticos, sem hormônio e sem conservantes em 87% no ano passado, informou a processadora de carnes na segunda-feira (15). A Seara espera dobrar a produção de itens com frango natural em 2018 e está aumentando o número de plantas aptas a produzir estes produtos. A empresa......
Cenário para o Brasil no comércio exterior é de otimismo em 201811/12/17 Depois de dois anos negativos, a economia brasileira exibe sinais de recuperação. O reflexo, podemos ver nas exportações: “No ano passado, o Brasil fechou exportações de US$ 185 bilhões e, este ano, em......
Santa Catarina institui a política de incentivo à produção de Biogás28/06/18 Santa Catarina cria política de incentivo para transformar resíduos orgânicos da produção animal em energia. O Projeto de Lei 26/2018, aprovado na terça-feira (26) pela Assembleia Legislativa do Estado, traz um......

Voltar para Notícias (pt)